Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Quando a Fome Aperta e o Tempo não Ajuda

por pintolaranja, em 18.03.11

Assim foi hoje.

Cheguei a casa esganada de fome depois de ter apanhado um trânsito desgraçado e tinha, portanto, que reagir.

 

Havia por aqui uns tortellinis de espinafre e ricotta, havia cogumelos, havia presunto... feito!

Toca de saltear os cogumelos (infelizmente eram de lata, mas serviu) com farripas de presunto num pingo de azeite e com um alho esmagado.

Enquanto isto, tortellinis a cozinhar também com um dente de alho para dar aroma lá dentro.

 

Depois de estar tudo no ponto, coisa que demora uns saudáveis 10 minutos, mistura-se numa travessa e depois... dá-se um jeito final no sal, coloca-se uma pitada de pimenta e decora-se com tomate cereja e com um pouco de cebolinho fresco acabadinho de cortar :)

 

Acompanha com uma cervejinha fresca, está óptimo!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

O que seria de um tuga sem o bacalhau?

por pintolaranja, em 18.03.11

Uma pessoa triste, é o que é! Onde já se viu? Tuga que é tuga tem de comer bacalhau de todas as maneiras e feitios!

 

Recentemente descobri os prazeres da caldeirada. Ok, já conhecia, mas não por ser eu a cozinhar 

Foi algures pelo final de 2010. E de lá para cá já experimentei várias vezes e com peixes diferentes. Uma das que gosto mais é a caldeirada de bacalhau, que vos trago hoje para uma sugestão de sexta feira em beleza.

 

É muito simples e não tão demorada quanto isso para cozinhar, ora vejam:

  • Cortar cebolas em meias luas (eu prefiro fininhas)
  • Cortar umas tiras de pimento vermelho e outras tantas de pimento verde
  • Esmagar uns dentes de alho
  • Um pouco de malagueta verde e um pouco de malagueta vermelha
  • Sal (atenção que o bacalhau também terá algum, convém não abusar)
  • Azeite
  • Tomate maduro cortado em pedaços
  • Um cálice de vinho branco
  • Louro
  • ... acho que está tudo!

Espetam com estes ingredientes num tacho e com o lume assim médio, tapam o dito tacho e deixam suar durante uns 5 minutos. Tentem ir desfazendo o tomate à medida que cozinha.

 

Depois, juntem o bacalhau (dizem que deve ter a pele virada para cima, sinceramente não sei porquê) e as batatas cortadas às rodelas. Apurem mais um pouco e só depois se junta água para cozinhar o resto. A quantidade depende de o quanto gostam de molho na caldeirada, basicamente.

 

E pronto, quando as batatas estiverem quase cozidas... apaguem o lume, deixem apurar tudo durante uns 10 minutos e a seguir sirvam.

 

Boa paparoca!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Experiências na Pedra

por pintolaranja, em 18.03.11

Tinha por casa uma bela costeleta de novilho.

Ora como adoro grelhados no carvão mas tava com preguiça para acender o fogareiro (além de que chovia a potes)... resolvi cortá-la aos pedaços para fazer na pedra.

Depois, achei que uns pimentos padrão acompanhariam bem e uma saladinha de rúcula também.

 

Toca de temperar a rúcula com cebolinho fresco, tomilho, uma pitada de sal e azeite enquanto a pedra aquece. Preparar sal para os pimentos e uns pinguitos de azeite também.

 

Temperar a carne só com sal e pimenta.

 

Tudo pronto? Toca a assar na pedrinha e beber uma jola bem fresca!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Translate the goodness



Calendário

Março 2011

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Cozinhados Antigos

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D






subscrever feeds