Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




As minhas novas amigas

por pintolaranja, em 25.02.13

E amigas da minha cozinha, também :)

 

A ver como correm as andanças culinárias com facas novas e "sem dentes" :)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Era linguaruda, a vaca...

por pintolaranja, em 18.02.13

Agora já não é.

Mas não faz mal porque a língua serviu o seu propósito, hehe

 

Há muito tempo que não comia língua de vaca estufada, uma coisa que adoro. E também nunca tinha sido eu a cozinhá-la, de modo que quando a apanhei no supermercado achei que era desta.

Primeiro deixa-se cozer um bocado em água para lhe dar uma primeira limpeza. Quando fica branca, tira-se da panela e deixa-se arrefecer um pouco para ser mais fácil de manobrar. Retiram-se as peles brancas todas e isso inclui as papilas gustativas do bicho.

 

Faz-se um refogado que leva azeite, cebola, louro, alho, e ao qual se juntou sal, tomate pelado e um pouco de vinho branco. Adiciona-se pimenta, cravinho, cominho e um pouco de noz moscada. Junta-se a língua (inteira mas limpa) a esta mistura, junta-se um pouco de água (o suficiente para cobrir a dita cuja) e deixa-se cozinhar.

Demora muito tempo, é uma carne muito rija, mas o resultado vai valer a pena. 

Quando estiver quase cozida, juntem cenoura.

 

Para acompanhar sugiro um puré de batata. Eu não faço puré de pacote, mas há alguns que são bastante bons, cabe-vos a escolha :)

 

E pronto, NJoy!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sempre gostei muito dos Cranberries

por pintolaranja, em 11.02.13

Mas só da música... no que toca à fruta, a menos que venha a ter alguma agradável surpresa, só posso dizer que é amarga como tudo.

 

Comprei uma caixinha de arandos a pensar que me ia deliciar, mas lá está... não foi bem assim.

Então resolvi que se fizesse uma compota aquilo ainda podia ter utilidade.

 

Cortei os ditos arandos (cranberries) aos pedaços, enfiei com eles numa panela e juntei açúcar amarelo, sumo de limão, um pau de canela e um pouco de água.

Depois essencialmente foi misturar tudo muito bem, deixar levantar fervura e mantê-los a cozinhar em lume brando durante cerca de meia hora.

No final, passei tudo por um passador para eliminar cascas e outros pedaços menos saborosos e toca de guardar num frasco.

 

Fiquei satisfeita, posso usar em bolachas ou croissants, a compota é uma delícia :)

 

 

NJoy!

Autoria e outros dados (tags, etc)

É. Deve ter sido... a sério que não me lembro.

Mas bem, estava a fazer a bela da canja de galinha um dia destes e achei que não queria gastar o frango todo na canja. Até porque tinha um pouco de arroz branquinho já feito e pronto a comer.

 

Então a ideia original era saltear um pouco de carne da galinha com azeite e alho e comer com o arroz depois de ter comido uma malga de canja. O problema é que entretanto me lembrei que tinha uns belos champinhons no frigorífico e também um pacote de natas. Escusado será dizer que foi a desgraça, né?

 

Tive de combinar tudo e agora que volto a tocar no assunto já estou com água na boca... nhami!

 

NJoy!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Translate the goodness



Calendário

Fevereiro 2013

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728

Cozinhados Antigos

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D






subscrever feeds