Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Saludafel

por pintolaranja, em 30.05.16

Falafel são uns bolinhos de grão que tipicamente são fritos.

Encontrei uma receita e decidi experimentar, mas retirei praticamente tudo o que é gordura e ao invés de fritar cozinhei os bolinhos no forno.

Dão um snack espectacular e bastante saudável, vale a pena experimentar!

A minha versão tem uma lata de grão cozido que foi transformada em puré juntamente com alguma cebola e alho. Também leva outra lata de grão que foi triturado mas ficou em pedaços maiores. Misturei tudo, deitei uma pitada de sal, uma chávena de coentro picado, duas colheres de sopa de salsa e umas gotas de limão. Juntei ainda uma ou duas colheres de sopa de farinha de mandioca e um ovo batido para ligar tudo.

Uma vez a mistura bem envolvida, toca a fazer bolinhas, enfiar num tabuleiro e levar ao forno a 170º até ficarem dourados e rijinhos por fora.

 

NJoy!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Hambúrguer? É em casa

por pintolaranja, em 23.05.16

Nada como temperar a carne picada com alho, sal, cebola e fazer os próprios hambúrgueres que depois vão a grelhar.

Acompanhem com ervilhinhas e tiras de pastinaga salteadas em azeite e alho e temperadas com uma pitada de sal e pimenta.

NJoy!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Perna de borrego parte 3000

por pintolaranja, em 16.05.16

Que fazer, gosto de perna de borrego!

Desta vez com couve salteada e com uma salada de arroz selvagem e maçã :)

O arroz selvagem precisa de cozinhar durante cerca de uma hora, por isso preparem-no com tempo porque sendo salada sabe melhor se também já tiver arrefecido. Não levou grandes temperos, foi cozinhado apenas em caldo de galinha.

NJoy!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ideia para a marmita da semana

por pintolaranja, em 09.05.16

Não é uma quiche, não é uma omelete.

Não sei o que lhe chamar, para dizer a verdade. Aqui onde estou chamam-lhe fritatta, mas isto não é frito, vá-se lá entender...

Essencialmente consiste em preparar um tabuleiro com ovos batidos temperados com sal e vegetais, levar ao forno num tabuleiro previamente untado com óleo até cozinhar bem os ovos e ter um aspecto douradinho por cima.

Usei pimentos, courgette, cogumelos, espinafre... a escolha pode ser infinita!

Bom para levar na marmita para o trabalho durante a semana ;)

NJoy!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Directamente do produtor...

por pintolaranja, em 02.05.16

Ao consumidor.

Tenho por perto um talho todo janota onde além de o produtor vender a suas carnes também preparam algumas outras iguarias, como por exemplo salsichas diversas.

Esta que vêm aqui é chamada tolouse, é feita com carne de porco. Se não tiverem nada destas coisas por perto, usem a bela da salsicha fresca portuguesa!

Enquanto grelhava a salsicha coloquei a couve galega no forno. Não teve muita preparação, apenas foi lavada, cortada e depois deitei um pouco de óleo e sal e tentei envolver bem a couve toda antes de a colocar no forno em cima de um bocado de papel vegetal no tabuleiro. O forno estava pré aquecido a 150º. A couve cozinhou durante 10 minutos, depois virei-a e deixei ficar mais 10 minutos. O resultado são pedaços de couve bem estaladiços e saborosos.

Acompanhou ainda com uma salada bem portuguesa de tomate e pepino.

NJoy!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Que mixórdia!

por pintolaranja, em 25.04.16

Mas lá que fica boa... fica.

E dá um rico pequeno almoço.

Saltear espargos cortados aos pedaços e uma boa dose de espinafre em azeite e alho.

Deitar os ovos batidos lá para cima e toca de mexer enquanto os ovos cozinham.

 

Porque a liberdade do estômago é a primeira das liberdades 

 NJoy!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Este prato tem um ar demasiado saudável

por pintolaranja, em 18.04.16

Porque efectivamente o é.

Mas não invalida que seja saboroso!

 

Muito simples de fazer.

Pega-se num bom naco de carne de vaca (este tinha 900g e qqr coisa) que se enrola com fio de cozinha para que possa cozinhar uniformemente. Tempera-se com sal e pimenta a gosto, envolve-se em papel de alumínio e coloca-se num tabuleiro que vai ao forno a cerca de 175º durante cerca de 40 minutos. Se usarem um termómetro de cozinha, quando o espetarem na carne e estiver a cerca de 58 - 60º está média. Abaixo disso é mal passada, acima é bem passada (mais coisa menos coisa).

Passado este tempo deixei mais uns minutos com o grill ligado e o papel de alumínio aberto só para tostar um bocadinho a parte de cima da carne.

 

Quanto aos vegetais, é simples. Cortam-se vegetais em pedaços mais ou menos do mesmo tamanho e com o mesmo tipo de consistência (todos rijos, por exemplo) e deitam-se num tabuleiro forrado a papel vegetal.

Rega-se com óleo, deita-se sal e pimenta a gosto e leva-se ao forno.

Aproveita-se bem o calor que já está a ser utilizado pela carne, mas idealmente se são vegetais rijinhos como estes (couves de bruxelas, couve flor, bróculo), deviam ir ao forno aquecido a 200º durante uns 10 minutos. O alho francês é mais mole mas ficou bom aqui porque acabou por dar aroma aos outros vegetais também.

E pronto, o belo do rosbife!

NJoy!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Arrozão

por pintolaranja, em 11.04.16

É o que vou passar a chamar ao empadão feito com arroz ;P

Cozi arroz castanho em caldo de galinha.

Deitei uma camada no fundo do tabuleiro, depois deitei uma camada de espinafre, depois uma camada de carne picada previamente cozinhada ao estilho bolonhesa com uns cubos de courgette lá pelo meio, depois uma camada de couve galega e por fim mais uma camadinha de arroz.

Pincelei tudo com um ovo batido e coloquei umas rodelas de chouriço para decorar.

Leva-se ao forno a gratinar até ficar douradinho e os vegetais estarem cozinhados.

NJoy!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Lentilhame Italiano

por pintolaranja, em 04.04.16

Passei os olhos por uma receita de sopa de lentilhas italiana e a bem dizer não tinha praticamente nenhum dos vegetais que lá eram utilizados, mas tinha outros que resolvi usar em substituição.

E não é que ficou boa?

Refoga-se alho e cebola em óleo vegetal. Juntam-se pedaços de cenoura, alho francês, couve galega e deixa-se refogar tudo junto durante mais uns 5 minutos (não precisa de lume muito forte).

Temperar com sal e pimenta, deitar tomate, um pouco de paprika e continuar a refogar por outros 5 minutos.

Deitar as lentilhas vermelhas, envolver tudo muito bem e deitar caldo de vegetais (ou fazem o vosso próprio caldo ou improvisam utilisando um knorr de vegetais diluído em água quente. Não é tão bom mas funciona).

Espera-se que levante fervura e depois toca de baixar o lume e deixar cozinhar até as lentilhas estarem macias.

 NJoy!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Chilli con carne

por pintolaranja, em 28.03.16

Não é bem, mas vá, foi a minha versão.

Um belo refogado de alho e cebola em óleo vegetal, uma folhinha de louro, chili (obviamente), e quando está tudo lourinho deita-se tomate aos pedaços.

Deixar refogar mais um pedaço e deitar a carne picada lá para dentro. Quando a carne estava quase pronta juntei feijão vermelho que já tinha sido cozido.

Vai bem com uma salada mista.

 

NJoy!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Translate the goodness



Calendário

Agosto 2016

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Cozinhados Antigos

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D






subscrever feeds