Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Puff!

por pintolaranja, em 23.02.15

Uma coisa que me deixava curiosa há muito tempo era a confecção de massa folhada.

Pensei que fosse extremamente complicado, daí as pessoas não se aventurarem muito a fazê-la.

A minha conclusão é que não o fazem porque o processo é moroso e portanto mais rapidamente se safam comprando massa folhada já feita.

Mais uma vez recorri ao Sr. Richard Bertinet, que tem um livro bestial sobre estas coisas.

 

A receita é simples (e encontra-se noutros sites pela net também):

  • 250g de farinha
  • 5g ou 1 colher de chá de sal
  • 100g ou ml de água fria (diferente de gelada, atenção)
  • sumo de 1/4 de limão
  • 200g de manteiga sem sal, acabada de sair do frigorífico

Mistura-se a água com o sumo de limão e com o sal.

Aos poucos vai-se adicionando à farinha e vai-se sempre envolvendo tudo muito bem até formar uma bola. A mistura fica rija e com pedaços soltos, não se assustem. Tira-se tudo da taça e em cima da bancada (sem enfarinhar), amassa-se à mão a dita bola durante uns 2 minutos no máximo, só para conseguir ligar tudo muito bem.

A seguir, agarrar numa faca e fazer uma cruz cortando um pouco da bola. Colocar de volta na taça e deixar repousar por 1 hora e meia ou mesmo duas.

 

De seguida, enfarinhar um pouquinho a bancada, colocar a bola e esticar cada um dos 4 cantos. É normal ficar um alto no meio, não faz mal e até ajuda quando se puser a manteiga. Vai ficar uma espécie de quadrado com 20 cm.

Quanto à manteiga, meter no meio de papel vegetal e dar umas marretadas com o rolo da massa para ela amaciar e ficar feita num quadrado. É importante que fique com a mesma consistência da massa.

Coloca-se o quadrado no meio da massa (deve ter o mesmo tamanho do centro da bola que foi esticada) e fecha-se cada canto sobre a manteiga, calcando um pouco à medida que se faz cada dobra.

Primeiro a dobra de trás, depois a da frente e por último dobrar o lado esquerdo e direito.

Agora é agarrar no rolo da massa e esticar até se ficar com um rectângulo 2 ou 3 vezes mais comprido que o original.

Cada vez que passam o rolo é bom movimentarem a massa sobre a farinha da bancada, para ganhar ar por baixo. Não façam muita força, ninguém quer ver a manteiga a passar por massa furada e dar cabo do esquema todo ;)

Ainda não terminou, agora há que dobrar o rectângulo. Viram-no na horizontal, pegam em cada ponta e dobram-nas até se encontrarem a meio do rectângulo. Depois dobram ao meio e levam a repousar por 20 a 30 minutos no frigorífico dentro de um saco de congelação mal fechado.

Passado esse tempo, tiram a massa do frigorífico, enfarinham a bancada, colocam o rectângulo na vertical e repetem o processo de dobra e repouso.

A seguir está pronta a usar.

Diz-se que quem já domina a coisa não usa dobras duplas como sugeri aqui. Usam simplesmente o método de dobrar a massa ao meio mas repetem o processo umas 6 vezes. Fica ao vosso critério!

Dicas:

  • Convém contarem quantas vezes já dobraram a massa, podem usar marcas de dedos na própria massa para indicar se é a dobra 1, 2, 3, etc
  • O limão não dá sabor, só serve para a massa não escurecer
  • Convém que a cozinha não esteja demasiado fria, caso contrário o repouso da massa e de cada dobra não resulta e acabam por ver apenas uma mixórdia amanteigada ou então uma massa folhada que se desfaz em flocos. Acreditem porque eu passei por isso 3 vezes antes de ter sucesso na execução da coisa!

E pronto, dá imenso trabalho mas fica saboroso!

Esta aqui foi usada para fazer uns pastéis de nata :)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Translate the goodness



Calendário

Fevereiro 2015

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728

Cozinhados Antigos

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D