Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Assadura de rabo

por pintolaranja, em 06.06.16

Mas rabo de boi :)

Assou no forno com um pouco de óleo, alho, piri piri, uma folhinha de louro. Tudo embrulhado em folha de alumínio e com lume relativamente brando para ficar macio.

Depois tira-se a folha de alumínio e pode-se tostar um pouco.

Acompanhou com um arroz branco e espargos cozidos ao vapor.

NJoy!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Perna de borrego parte 3000

por pintolaranja, em 16.05.16

Que fazer, gosto de perna de borrego!

Desta vez com couve salteada e com uma salada de arroz selvagem e maçã :)

O arroz selvagem precisa de cozinhar durante cerca de uma hora, por isso preparem-no com tempo porque sendo salada sabe melhor se também já tiver arrefecido. Não levou grandes temperos, foi cozinhado apenas em caldo de galinha.

NJoy!

Autoria e outros dados (tags, etc)

A saltar para o prato

por pintolaranja, em 21.03.16

Um belo coelho assadinho no forno.

Coloquei-o cortadinho em pedaços no tabuleiro, reguei com azeite, temperei com alho e sal e uma malagueta seca gigante (vinda da Tunísia) cortada aos pedaços.

Deixei a marinar durante uma horita e depois simplesmente enfiei com o tabuleiro no forno, salvo erro a 170 graus durante uns 40 minutos (ou até acharem que está cozinhado e douradinho).

Acompanhou com uma simples salada de tomate e pepino.

Uma delícia!

 Njoy!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Muitas vezes meto-me em assados...

por pintolaranja, em 15.02.16

E regra geral, não que me queira gabar, ficam bons!

Deixei a pernita de borrego a marinar em alho e sal, depois enfiei com ela no forno numa cama de cebola e regando com um pouco de azeite.

Quando já estava praticamente cozinhada aproveitei a "molhenga" e espetei com os vegetais lá para dentro e toca de aguardar até estar tudo no ponto.

 Njoy!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Porque é Natal e não há bacalhau

por pintolaranja, em 24.12.13

Aqui onde estou pelo menos não há.

Só se for fresco, o que convenhamos não é bem o ideal de uma ceia natalícia...

 

Em alternativa, proponho então uma bela perna de perú assada no forno. Se a família for grande façam com o perú inteiro!

 

Simplesmente temperei o perú com vinho branco, sumo de limão, alho, sal e paprika pikante (aka... harissa em pó{#emotions_dlg.angel}).

Deixei a marinar de um dia à noite para o seguinte e depois reguei com um pouco de azeite, um caldinho de aves e toca de enfiar no forno.

Virar de vez em quando, continuar a regar regularmente e, uns minutos antes de estar cozinhado, garantir que a pele está para cima e aumentar a temperatura do forno. Isto vai ajudar a ter uma pele estaladiça.

 

Acompanhei com um arroz branco bem simples e um copo de tinto.

 

E hoje, por ser Natal, vou repetir a proeza ;)

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Soube a pato

por pintolaranja, em 04.03.13

... porque efectivamente era pato.

Ou será que era ganso?

Agora já não me lembro bem... fica em família!

 

Mas ok, besuntei as patas do pato com alho, piri piri, sal e deixei a ganhar sabor.

Depois espetei com elas num tabuleiro que também levou batatas cortadas aos cubos. Reguei tudo com azeite e um pouco de caldo de galinha e toca de levar ao forno médio. Vira-se de vez em quando e rega-se mais um pouco (se for fogão a gás, nos eléctricos não se evapora tanto o caldo).

 

Quando está praticamente assado toca de levantar o lume para o máximo. A ideia é que a pele do bicho fique estaladiça.

 

E assim sem grande esforço e também sem uma alarvidade de tempo comem um belo assado de pato!

 

NJoy :)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Páscoa já lá vai

por pintolaranja, em 07.05.12

Mas as boas recordações ficam.

 

E tuga que é tuga recorda-se da comida.

Uma das coisas que sempre adorei na altura da Páscoa desde miúda foram as cabeças de borrego assadas. É verdade.

 

Devo dizer que têm de ser bem limpinhas de qualquer pêlo na venta e ranhocas e que um talhante digno desse nome saberá retirar tudo quanto é glândula e pedaço de gordura em excesso que lhes venha a dar mau sabor.

 

Nesta Páscoa a surpresa que a minha mãe me fez foi trazer para minha casa esta bela cabecinha de borrego para petiscarmos. 

 

Não tem nada que saber nem complicar, temperem só com alho e sal deixando apurar o tempero durante umas 2 ou 3 horas. Depois é regar com azeite e levar ao forno (acho que usei uns 150º ou 175º e deixei cozinhar lentamente).

Para o caso de o azeite começar a agarrar no fundo da assadeira há remédio santo. Façam um caldo de carne (podem usar um knorr, por exemplo) e deitem um pouco no fundo. Para 1 cabeça meio caldo serve, não vale a pena encher a travessa com caldo, é só mesmo cobrir um nadica do fundo.

 

Fica uma delícia, recomendo vivamente!

 

 

 

 

NJoy!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Conejo Aromático

por pintolaranja, em 20.02.12

A experiência foi usar dos ingredientes que a minha mãe utilizava para confeccionar o coelho à caçador mas tentar assá-lo no forno ao invés de usar a panela :)

 

Portanto: alho, sal, azeite, alguns cravinhos, pimenta branca, umas folhinhas de rosmaninho (não tinha alecrim) e meio pacote de 200 ml de vinho branco, outro meio de vinho tinto (estava-se a acabar o branco, LoL).

 

Deixei a marinar de um dia para o outro, a meio do caminho virei o frango, (ups... o coelho!) para temperar do outro lado e pronto, no dia seguinte foi só levar ao forno.

 

Cozinhar entre os 150 e os 175 graus até o coelho estar douradinho.

 

Fica uma delícia e pode ser acompanhado com um pouco de esparregado e com arroz de grelos, como eu fiz por aqui.

 

 

NJoy!

Autoria e outros dados (tags, etc)

"Cótelétes"

por pintolaranja, em 28.07.11

Assadinhas no forno.

Um pedaço assim jeitoso que não esteja ainda cortado.

 

Temperar com uma pasta feita de: azeite, banha de porco, sal, pimenta branca, chilis secos, alho, mostarda de dijon em grão, cerveja, orégão e tomilho. Acho que não me esqueci de nada... afinal de contas foi inventada no momento!

 

Deixar a apurar de um dia para o outro. Colocar na travessa, juntar mais um pouco de cerveja e um pouquito de água para ter alguma molhenga onde assar e não ficar seco.

 

A cada 20 minutos "virar o frango", leva uns 60 a 90 minutos a cozinhar aos 175º.

 

Acompanha com uma saladinha de verduras ou mesmo de tomate.

 

NJoy!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Maçaroca

por pintolaranja, em 08.07.11

Num dia em que façam algum tipo de grelhado no carvão e o milho seja, na vossa perspectiva, bom acompanhamento...

 

 

Depois de assado é só regar com um finíssimo fio de azeite, salpicar com um pouco de sal e aguardar uns minutos.

 

Comer!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Translate the goodness



Calendário

Agosto 2016

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Cozinhados Antigos

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D






subscrever feeds