Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Eu não disse que hambúrguer é em casa?

por pintolaranja, em 04.07.16

Cá vai mais uma ideia. Estes são de perú. Além do alho e cebola levaram malagueta fresca picada e coentro.

Acompanha com couve salteada em azeite e alho e milho grelhado.

Também é fácil de levar na marmita!

NJoy!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Rolos e rolinhos

por pintolaranja, em 20.06.16

Rolo de carne acho que é algo que eu ainda não tinha feito.

Resolvi experimentar, mas com carne de vaca o mais magra possível. Misturei cebola picada, salsa, um pouco de alho picado também, sal q.b., ovo batido e depois toca de esticar a mistura de carne picada com estes ingredientes em formato rectângulo. Coloquei uns espargos no meio e enrolei estilo torta.

Depois foi só embrulhar em folha de alumínio e levar ao forno.

Se quiserem podem enrolar o rolo todo em tiras de bacon antes de embrulhar na folha de alumínio e depois tiram a dita folha uns momentos antes de o rolo estar pronto e colocam o forno no grill. Assim o bacon fica um pouco mais estaladiço e dá uma graça extra. Eu optei por ter o mínimo de gordura possível.

Fácil de transportar, 1 Kg de carne deu para vários dias e acompanhou ou com saladas ou vegetais cozidos ao vapor, ou até mesmo um pouco de arroz. 

 NJoy!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Assadura de rabo

por pintolaranja, em 06.06.16

Mas rabo de boi :)

Assou no forno com um pouco de óleo, alho, piri piri, uma folhinha de louro. Tudo embrulhado em folha de alumínio e com lume relativamente brando para ficar macio.

Depois tira-se a folha de alumínio e pode-se tostar um pouco.

Acompanhou com um arroz branco e espargos cozidos ao vapor.

NJoy!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Hambúrguer? É em casa

por pintolaranja, em 23.05.16

Nada como temperar a carne picada com alho, sal, cebola e fazer os próprios hambúrgueres que depois vão a grelhar.

Acompanhem com ervilhinhas e tiras de pastinaga salteadas em azeite e alho e temperadas com uma pitada de sal e pimenta.

NJoy!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Perna de borrego parte 3000

por pintolaranja, em 16.05.16

Que fazer, gosto de perna de borrego!

Desta vez com couve salteada e com uma salada de arroz selvagem e maçã :)

O arroz selvagem precisa de cozinhar durante cerca de uma hora, por isso preparem-no com tempo porque sendo salada sabe melhor se também já tiver arrefecido. Não levou grandes temperos, foi cozinhado apenas em caldo de galinha.

NJoy!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Directamente do produtor...

por pintolaranja, em 02.05.16

Ao consumidor.

Tenho por perto um talho todo janota onde além de o produtor vender a suas carnes também preparam algumas outras iguarias, como por exemplo salsichas diversas.

Esta que vêm aqui é chamada tolouse, é feita com carne de porco. Se não tiverem nada destas coisas por perto, usem a bela da salsicha fresca portuguesa!

Enquanto grelhava a salsicha coloquei a couve galega no forno. Não teve muita preparação, apenas foi lavada, cortada e depois deitei um pouco de óleo e sal e tentei envolver bem a couve toda antes de a colocar no forno em cima de um bocado de papel vegetal no tabuleiro. O forno estava pré aquecido a 150º. A couve cozinhou durante 10 minutos, depois virei-a e deixei ficar mais 10 minutos. O resultado são pedaços de couve bem estaladiços e saborosos.

Acompanhou ainda com uma salada bem portuguesa de tomate e pepino.

NJoy!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Este prato tem um ar demasiado saudável

por pintolaranja, em 18.04.16

Porque efectivamente o é.

Mas não invalida que seja saboroso!

 

Muito simples de fazer.

Pega-se num bom naco de carne de vaca (este tinha 900g e qqr coisa) que se enrola com fio de cozinha para que possa cozinhar uniformemente. Tempera-se com sal e pimenta a gosto, envolve-se em papel de alumínio e coloca-se num tabuleiro que vai ao forno a cerca de 175º durante cerca de 40 minutos. Se usarem um termómetro de cozinha, quando o espetarem na carne e estiver a cerca de 58 - 60º está média. Abaixo disso é mal passada, acima é bem passada (mais coisa menos coisa).

Passado este tempo deixei mais uns minutos com o grill ligado e o papel de alumínio aberto só para tostar um bocadinho a parte de cima da carne.

 

Quanto aos vegetais, é simples. Cortam-se vegetais em pedaços mais ou menos do mesmo tamanho e com o mesmo tipo de consistência (todos rijos, por exemplo) e deitam-se num tabuleiro forrado a papel vegetal.

Rega-se com óleo, deita-se sal e pimenta a gosto e leva-se ao forno.

Aproveita-se bem o calor que já está a ser utilizado pela carne, mas idealmente se são vegetais rijinhos como estes (couves de bruxelas, couve flor, bróculo), deviam ir ao forno aquecido a 200º durante uns 10 minutos. O alho francês é mais mole mas ficou bom aqui porque acabou por dar aroma aos outros vegetais também.

E pronto, o belo do rosbife!

NJoy!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Chilli con carne

por pintolaranja, em 28.03.16

Não é bem, mas vá, foi a minha versão.

Um belo refogado de alho e cebola em óleo vegetal, uma folhinha de louro, chili (obviamente), e quando está tudo lourinho deita-se tomate aos pedaços.

Deixar refogar mais um pedaço e deitar a carne picada lá para dentro. Quando a carne estava quase pronta juntei feijão vermelho que já tinha sido cozido.

Vai bem com uma salada mista.

 

NJoy!

Autoria e outros dados (tags, etc)

A saltar para o prato

por pintolaranja, em 21.03.16

Um belo coelho assadinho no forno.

Coloquei-o cortadinho em pedaços no tabuleiro, reguei com azeite, temperei com alho e sal e uma malagueta seca gigante (vinda da Tunísia) cortada aos pedaços.

Deixei a marinar durante uma horita e depois simplesmente enfiei com o tabuleiro no forno, salvo erro a 170 graus durante uns 40 minutos (ou até acharem que está cozinhado e douradinho).

Acompanhou com uma simples salada de tomate e pepino.

Uma delícia!

 Njoy!

Autoria e outros dados (tags, etc)

De inspiração oriental

por pintolaranja, em 29.02.16

Sabe bem num dia em que não se sabe bem o que cozinhar, ou num jantar de um dia de pouca actividade.

Dá-se uma breve passagem de uns pedaços de carne de vaga por óleo e alho numa frigideira, depois adicionam-se vegetais diversos e toca de saltear tudo junto. Neste caso usei ervilhas, bróculo, pimentos, até um pouco de milho, cenoura e rebentos de soja. 

Guarnecer com coentro fresco picado e uns pingos de sumo de lima.

Acompanhou com chá de hibisco.

NJoy!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Translate the goodness



Calendário

Agosto 2016

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Cozinhados Antigos

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D






subscrever feeds