Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



É broa!

por pintolaranja, em 13.06.16

E é de centeio :)

Procurei pela web e não encontrei receitas interessantes de broa de centeio. E, no entanto, ela existe!

Ora bem, peguei na receita da broa de milho que encontrei na Zine de pão e adaptei. Deitei um pouco mais de água porque não usei farinha branca mas sim farinha integral e farinha de centeio. De resto, o processo foi todo muito idêntico.

A audiência gostou, há-de ser para repetir!

Que tal no Sto. António? Não deu tempo? S. João!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sobre o Pão

por pintolaranja, em 13.10.14

Sim, porque não?

Especialmente quando se vive num sítio onde não há uma padaria de jeito. 

Devo confessar que descobri que me dá um gozo tremendo fazer pão e cada vez mais tenho vindo a experimentar técnicas e ingredientes diferentes.

 

Sofri imenso com o senhor Richard Bertinet, mas concluí que o seu método além de poupar na farinha é bom para exercitar o corpo sem dar cabo dos músculos. Suo horrores quando amasso o pão à maneira deste senhor, mas não me ficam a doer os braços porque não tenho que bater na massa, a bancada faz isso por mim. Boa, hein? A minha avó paterna foi padeira e tinha uns bíceps de fazer inveja a muita gente, mas a sério, não há necessidade e o resultado é muito bom :)

 

Outra coisa que entretanto arrisquei foi a dispensar o fermento e aprender a fazer o meu próprio isco de trigo com o qual faço a massa velha que é usada para um bom pão alentejano. Graças ao Paulo Sebastião que publica estas coisas e muito mais no seu Zinedepao, finalmente consegui fazer uma açorda de bacalhau de jeito cá por casa, já que o pão alentejano é ingrediente essencial hehe

A dica do isco de centeio também é muito boa, e usei recentemente para fazer esta delícia que vos mostro mais abaixo, com inspiração num post do blog "Cook your dream".

 

 

E aqui ficam mais um ou dois exemplares de outras experiências:

 

 

 

 

Partilharia as receitas com muito gosto, mas só há um problema: inventei como o catano e não tomei nota!

Prometo que vou tentar melhorar essa parte daqui por diante ;)

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Isto, meus amigos...

por pintolaranja, em 09.06.14

é um pão a que se chama um figo :D

E muito fácil de fazer, também.

Pouco mais do que farinha, fermento, água e sal. Ok, nada mais do que isso.

O truque está nas quantidades de cada coisa.

E no facto de que usei uma mistura de farinha para pão com outra mais fina. Os tipos de farinha alemã são diferentes e estas vieram comigo de lá, mas digamos que seria uma mistura de farinha 55 com 65.

 

Como guia de ideias recorri às notas da pipinha e a uma outra receita do chili com todos.

 

Soube a pouco!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Granda rabanada!

por pintolaranja, em 27.12.13

Também conhecida por fatia dourada.

Pois que estava a pôr a conversa em dia com uma amiga e a dada altura começámos a falar das comidinhas nataleiras. Ao que ela conta que tentou fazer umas rabanadas que não fossem fritas, o que me pareceu uma excelente ideia. 

 

Então, nada mais simples: ensopar bem o pão em leite que foi aquecido com açúcar e canela. Eu por acaso torrei um pouco o pão primeiro. 

Depois, passar o pão ensopado por ovo batido.

Levar ao forno, deixar dourar bem e depois é só passar por açúcar e canela.

 

Dado que não há gordura envolvida é normal que o açúcar e canela do fim não peguem bem ao pão que sai do forno. Sugiro a utilização de açúcar em pó.

Em alternativa podem fazer como a minha amiga, depois de passarem o pão no ovo passam logo por açúcar e canela e depois levam ao forno. Têm é que ter cuidado porque o açúcar queima, não vão querer ficar com fatias pretas ao invés de douradas {#emotions_dlg.blink}

 

NJoy!

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Fogacho

por pintolaranja, em 21.05.12

Esta focaccia não me saiu muito bem. Usei um tabuleiro demasiado grande e, por consequência, ficou muito fina, para a próxima sai melhor e mais fofa.

 

Mas de sabor estava porreiraça.

 

Ora o receituário é o seguinte: 1 chávena de farinha branca para pão + 1 colher de chá de fermento e 4 colheres de sopa de azeite misturadas até incorporar muito bem com uma chávena de água morna.

 

Deixar repousar durante 2 a 3 horas (em local quente tapado com película aderente).

 

Depois, juntar mais 3 chávenas de farinha branca e amassar como se não houvesse amanhã. Eu cá usei um programa "massa" da máquina de fazer pão :P

 

A meio do programa misturei uns pinhões torrados. Pá... porque sim, achei que ia ligar bem e não me enganei.

 

Depois quando a coisa está amassada dá-se mais um jeitinho em cima da bancada enfarinhada, faz-se um rectângulo que dê para preencher o tabuleiro escolhido e espeta-se com a massa no tabuleiro. Tapa-se com película aderente e aguarda-se que duplique a espessura.

 

Pincela-se os dedos com azeite (tenham de parte umas 3 ou 4 colheres de sopa) e vão-se calcando uns pseudo-furos na massa. Regar com o azeite restante.

 

Salpicar com umas pedras de sal marinho e rosmaninho fresco.

Leva-se ao forno a 220º (eu por acaso preferi usar 150 e deixar mais algum tempo a cozinhar) e quando está douradinho (diz que uns 25 minutos chegam) está pronta a retirar e deixar arrefecer em cima de uma rede ou grelha.

 

 

NJoy!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Translate the goodness



Calendário

Agosto 2016

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Cozinhados Antigos

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D


Os mais famosos





subscrever feeds