Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Rola-me essa massa!

por pintolaranja, em 12.08.13

Resolvi então experimentar a nova amiga.

200 gramas de farinha de trigo e 2 ovos. Simples.

Fazer uma coroa com a farinha e colocar os ovos no meio. Depois, com a ajuda de um garfo toca de ir misturando tudo aos poucos até termos uma massa que se consiga tratar com as mãos.

 

Quando já estiver bem batida fazer duas bolas separadas. Colocar a máquina na posição mais larga (tipicamente a primeira) e passar uma das bolas de massa pelo rolo da máquina pelo menos umas 6 vezes. A ideia é acabar com resquícios de grumos.

Depois apertar para a posição 2 e repetir. Depois deverá ser suficiente repetir o processo na posição 5.

 

A cada vez que se passa a massa no rolo é preciso dobrá-la ao meio, este passo é muito importante. Não se quer mais do que isso porque senão fica muito grossa para conseguir processar e se for menos não se está propriamente a amassar.

 

A cada posição que se usa a massa sai mais fina e mais comprida. Se acharem que 5 ainda não é fino o suficiente, continuem, a máquina tem 9 posições diferentes.

 

Para primeira vez tive várias dificuldades com que lidar, nomeadamente como segurar a máquina numa bancada pequena e ganhar o jeito à utilização do rolo, mas lá me safei. Da próxima vez sai melhor.

 

A seguir agarram nos rectângulos compridos e estendem num pano enfarinhado. Esperam uns minutos e depois podem passar pelos rolos de cortar. Há um com a espessura de tagliatelli e outro com espessura de spaguetti.

É escolher!

 

Em teoria a quantidade de farinha e ovos que usei serve para duas pessoas, mas é em teoria. Têm de ser duas pessoas famintas, porque isto facilmente dá para 3, quem sabe 4.

 

À parte fiz um preparado de salmão salteado com chili e um nadica de sal, azeite, sumo de limão e pimenta.

 

Depois de cozer a massa misturei tudo e salteei com cebolinho.

 

NJoy!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Uma nova amiga de trazer por casa

por pintolaranja, em 05.08.13

Há que tempos andava para meter as mãos não só na massa mas também numa destas maquinetas.

Espero que venha a contribuir para a execução de muitas delícias!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Fusíveis do Mar

por pintolaranja, em 30.04.12

Já lá vai algum tempo, mas segundo o que me recordo ficou bem boa esta pastinha :)

 

Além dos fusillis levou uns farfalle porque eu tinha mesmo era que gastar dois pacotes que estavam cada um por si a entrar nos finalmente.

 

Nada que saber, refogar um pouco de alho e cebola em azeite e sal, podem saltear uns cogumelos picadinhos também se vos der na bolha. De resto cozi uns camarões e (salvo erro) usei depois a água de cozer o camarão para cozer a pasta também.

Se gostarem de miolo de mexilhão ou outros bivalves aconselho vivamente, eu não tinha cá nada disso e portanto usei mesmo algumas delícias do mar.

 

O marisco picadinho juntou-se ao refogado para saltear um pouco, depois ainda juntei um nadica de vinho branco (e claro que usei malaguetas, está entranhado em mim). Adicionei umas natas e deixei cozinhar mais um pedacito.

 

E pronto, depois toca de meter a pasta al dente numa assadeira, regar com o refogado, espetar com um mozarella ralado em cima e levar ao forno a gratinar.

 

Servir com mangericão fresco picadinho a salpicar por cima e acompanhar com um lambrusco a vosso gosto.

 

 

NJoy!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ravirolis

por pintolaranja, em 05.12.11

Adoro raviolis. Na verdade adoro pastas em geral. Essa deve ser uma das razões pelas quais o meu físico sofre. Ou não :)

 

Estes "Ravirolis" eram para ter sido com carne, mas não havia com um recheio que me interessasse nem eu tinha tempo de fazer massa mais recheio. Assim sendo, foi uma mistura de raviolis rechados com queijo e outros recheados com espinafre.

 

Refoguei alho, chalota em azeite e com uma pitada de sal e lá dentro fritalguei uns cogumelos e uns cubos de bacon. (não me recordo se levou tomate, às vezes ponho um pouco)

Adicionei umas ervas aromáticas (tomilho, mangericão, cebolinho, tudo tirado da minha "horta" - aka, vasos na varanda) e um pouco de vinho branco. Muito pouco, porque isto leva natas e não queremos deslaçar as bichas.

 

Portantos, natas lá para dentro, fervilhar até cozinharem e apurarem q.b. (ah, não pus malagueta, para que saibam :P havia crianças à mesa e uma senhora que não tolera picante...)

 

Mistura-se tudo com os raviolis al dente dentro de um pyrex, rala-se mozzarela lá para cima, leva-se ao forno a gratinar e pronto, bora dar ao dente!

 

Façam-se acompanhar de um lambrusco, vai lindamente :)

 

 

NJoy!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Fusíveis do Mar

por pintolaranja, em 28.11.11

Bem, como prometido, a descrição de um almoço de Domingo.

Estava sem grande imaginação e com umas quantas coisas para gastar no frigo, como odeio deitar comida fora, toca de inventar.

 

Coloquei uns fusilli a cozer e entretanto fui refogando uns dentes de alho e um pouco de chalota picada em azeite com uma pitada de sal.

Depois de estar tudo devidamente alourado, espetei com uma mão cheia de miolos de mexilhão e outro tanto de camarão pikinino.

 

Deixei secar a água que foram largando praticamente toda e juntei uma pitada de vinho branco.

Lá mesmo para os finalmente, juntei para saltear com esta mistela umas folhas de espinafre que andavam por ali à espera de melhor destino.

 

E pronto, misturei tudo com a massa e a seguir deitei 2 medalhões de queijo de cabra e fui mexendo até derreterem por completo e estarem bem distribuídos pela paparoca.

 

Soube bem! O que não me soube bem foi ter tomado um banho de cerveja, porque o meu gato na ânsia de ver o que estava eu a comer e para me pedir um bocadinho... entornou-me o copo todo. Isso é que foi um grande desperdício!

 

 

NJoy ;)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Almendras

por pintolaranja, em 14.11.11

Há muito tempo que não surge por aqui uma novidade.

Não que tenha deixado de meter mãos na massa no que toca a culinária, apenas me tenho dedicado um pouco mais a outras coisas mas vou recolhendo as fotos e as ideias para cá vir fazer novos posts :)

 

E este, por falar em massa, é um tagliatelli com um molho pesto especial.

 

Não tinha pasta fresca, pelo que tive de usar uns novelos de tagliatelli da nacional, que também são bastante razoáveis.

E como não tinha pinhões, usei amêndoas. :D

 

Basicamente fui ao vaso do mangericão arrancar umas folhas que piquei de forma grosseira e enfiei no almofariz juntamente com um fio de azeite, um pouco de sal e alho. Toca de fazer uma pastonga à qual juntei logo a seguir umas amêndoas que torrei numa frigideira e tratei de laminar com uma picadora.

 

Nessa mesma frigideira já aromatizada com amêndoa fui saltear uns cogumelos e uns cubinhos de bacon que tratei de misturar com a pasta al dente

 

De seguida, misturei tudo isto com o dito molho "pesto" improvisado e pronto, aqui está uma foto do resultado.

 

 

 

NJoy!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mar Primaveril

por pintolaranja, em 12.10.11

Eu sei que estamos no Outono. Parece que de alguma forma o gajo está mas é a dormir ou decidiu ser benevolente com um Verão que se demonstrou algo incompetente este ano...

 

Em todo o caso, porque a primavera é sempre tão bonita e recheada de coisas frescas e dias amenos, neste dia resolvi apostar num prato dedicado à estação. E ao mar, essa fonte de energia e inspiração.

 

Portanto: esmagar e picar uns dentes de alho, picar um pouco de cebola, colocar numa frigideira com um pinguito de azeite, sal e piri piri seco raladinho. Refogar um pouco, juntar miolo de camarão e deixar reduzir a molhenga da água do camarão, cozinhá-lo um bocado. Juntar 1/4 de malagueta vermelha e outro tanto de malagueta verde picadas.

 

Depois, juntar um pouco de tomate maduro picadinho, uns cubos de cenoura, um pouco de pimento verde e um pouco de pimento vermelho. Continuar a cozinhar em lume brando.

 

A cenoura corta o efeito do picante em excesso por ser doce e ao mesmo tempo dá mais um toque de cor.

Como o pimento pode abafar um pouco o sabor do camarão, podem juntar meio caldo knorr de marisco e mais meio de peixe.

 

Adicionar um pouco de vinho branco (meio cálice) e misturar bem.

 

Finalmente, um pacotinho de natas para dar uma consistência cremosa à mistura, que cozinha brevemente só até começar a ferver, enquanto se mexe tudo muito bem.

 

Enquanto se prepara isto tudo já temos uma bela dose de pasta fresca cozinhada. Escorre-se a massa, junta-se a molhenga com camarão e vegetais e... voilá!

 

Bom apetite :)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Esparguete Bacana

por pintolaranja, em 01.09.11

A base é muito idêntica a outras massas que já cozinhei, essencialmente saltear um pouco de bacon, alho, malagueta, cogumelos e uma pitada de sal num pouco de azeite, depois juntar as natas e quando estiverem no ponto deitar tudo por cima da pasta devidamente cozinhada  al dente.

 

De preferência pasta fresca.

 

Desta vez resolvi juntar um pouco de ananás, dá-lhe um pouco de acidez e ao mesmo tempo um toque adocicado, penso que faz bom contraste.

 

NJoy,

 

 

Já agora, se ralarem um bocado de mozzarela por cima da pasta e gratinarem também fica bestial :)

 

E para acompanhar... um vinho lambrusco bem fresquinho!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Desconfio que Não é Bolonhesa

por pintolaranja, em 28.07.11

Para dizer a verdade nunca consultei uma receita de bolonhesa. Adoro, e talvez vá investigar um dia destes.

Em todo o caso, lá vou fazendo a minha própria versão e essa consiste em refogar tomate, cebola, alho, juntar carne picada, um pouco de vinho branco, sal, piri-piri e... umas ervas aromáticas. Pouco mais. Claro que leva azeite :)

 

Um pouco de pasta fresca al dente e... pronto a comer! (queijinho ralado por cima é obrigatório hehe)

 

NJoy!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Penne Vegetariano (q.b.)

por pintolaranja, em 01.07.11

Tem sido frequente confeccionar as pastongas recorrendo a algum tipo de carne, mas desta vez resolvi variar.

De uma forma muito simples e rápida fiquei com uma refeição igualmente ou ainda mais deliciosa.

 

Ora vejamos:

  • Pimento amarelo, laranja e vermelho
  • Courgette
  • Cogumelos
  • Espinafre (sem rebentos :P)
Tudo isto cortado em pedaços grosseiros (exceptuando o espinafre, ponham as folhas inteiras). Para dentro de uma frigideira onde está um pouco de azeite a aquecer com um alho esmagado, uns salpicos de malaguetas secas moídas e uma pitada de sal.
Depois de saltear os vegetais sem deixar cozinhar demasiado e enquanto a massa coze só em água fervente, juntem um pacote de natas à mistura. Desta vez optei por juntar natas com 3 queijos. Costumo juntar os queijos à parte, mas quis poupar tempo.
Deitem uma pitada de tomilho por cima da mistura de vegetais e natas que está a cozinhar. Se possível, o alho que utilizam é bem melhor se não estiver totalmente seco como os que compramos no supermercado. Eu tinha por cá uns alhos de cultivo caseiro. Mais suculentos, sumarentos, saborosos... recomenda-se!
Se a coisa estiver bem sincronizada, quando a massa está al dente os vegetais com as natas também estão no ponto e portanto só falta misturar tudo e levar para a mesa.
Sirvam com um lambrusco tinto bem gelado!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Translate the goodness



Calendário

Agosto 2016

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Cozinhados Antigos

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D






subscrever feeds